quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Deputado estadual Pedro Bigardi apresenta projeto “Condomínios Ambientalmente Sustentáveis” no Creci-SP

.
Projeto de Lei foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e agora aguarda parecer da Comissão de Meio Ambiente

- Texto e Fotos: Eliane Silva Pinto


Deputado Pedro Bigardi recebe do delegado regional
do Creci Jundiaí o certificado da palestra

Apresentar o Projeto de Lei 799/09 que dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização de alternativas tecnológicas, ambientalmente sustentáveis, nos novos conjuntos de moradias, os chamados “Condomínios Ambientalmente Sustentáveis”. Com esse objetivo, o deputado estadual Pedro Bigardi, autor do projeto, proferiu palestra no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SP) no dia 15.

Corretores de diversas cidades do Estado lotaram o auditório do Creci para conhecer o projeto de lei que recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça. Entre os presentes estavam representantes do Creci Jundiaí, o delegado regional, Evandro Luiz Carbol; o coordenador, Marcos Vasconcellos Lemos e o conselheiro, Adalberto Franco Pellicciari. O assessor executivo da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Itamar Borges também fez questão de comparecer a palestra do deputado.


Auditório do Creci ficou lotado na palestra de Bigardi

Segundo o deputado Pedro Bigardi, os condomínios ambientalmente sustentáveis utilizarão alternativas para reduzir o consumo de água e luz e não prejudicar o meio ambiente, como sistemas de reuso de água, captação de energia solar para aquecimento da água e uso de lâmpadas de alta eficiência para iluminação em áreas comuns. “A nova regulamentação permitirá o uso racional dos recursos não-renováveis, conservação da biodiversidade, promoção de uma gestão sustentável dos recursos naturais e melhoria da qualidade de vida”, afirma.

De acordo com a organização internacional United States Green Building Council, os edifícios sustentáveis reduzem de 8 a 9% os custos de operação, aumentam em 7,5% o valor dos imóveis e ampliam a ocupação desses imóveis em 3,5%. “O novo proprietário poderá, além de contribuir com o meio ambiente, economizar nas contas mensais. Assim, terá o imóvel valorizado na venda”, conclui o deputado.


Bigardi explica seu projeto aos associados do Creci

Os presentes aprovaram o Projeto de Lei do parlamentar e o parabenizaram pela iniciativa. “Esse projeto vem ao encontro das necessidades atuais. Quero parabenizar o deputado por esse importante Projeto”, afirmou o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto.

A palestra ministrada pelo deputado estadual Pedro Bigardi faz parte do ciclo de palestras denominado “Momento Legislativo”. De acordo com o presidente do Creci-SP, o objetivo das palestras é possibilitar a interação entre os parlamentares e profissionais ligados ao setor imobiliário. “Nosso propósito é oferecer aos corretores de imóveis a oportunidade de conhecer as legislações do setor, e mostrar como é fundamental a participação nas decisões parlamentares, pois a maioria das nossas atividades depende de legislações municipais, estaduais e federais”, afirma.

Um comentário:

Sebriam disse...

Ótima idéia professor, quem sabe logo poderemos desfrutar em nosso estado bairros ecológicamente corretos e com a qualidade de vida que tanto buscamos devido este caos que as mega cidades se tornarão.

Abraços a ti e toda sua equipe!